Dica de Leitura com a Nessa*



Oi pessoal, tudo bem com vocês?

E hoje eu venho com mais uma dica de livro, e este é daqueles para passar o tempo com boas risadas em um momento de lazer, é super gostoso de ler. Vamos conferir.


@mor

@morSinopse
Num e-mail enviado por engano, começa um relacionamento virtual que testa as convicções de Leo Leike e Emmi Rothner. Leo Leike, ainda digerindo o fracasso de seu último relacionamento, responde de forma espirituosa a duas mensagens enviadas por engano por Emmi Rothner, casada. Inicialmente, ela só queria cancelar uma assinatura de revista. Depois, inclui Leo por engano entre os destinatários de um e-mail de boas festas. Na terceira troca de e-mails, o mal-entendido dá lugar à atração mútua, reforçada pelo fato de um nunca ter visto o outro. Nada como a curiosidade instigada por frases bem encadeadas chegando a intervalos regulares numa caixa postal eletrônica para que os dois se esqueçam dos possíveis impedimentos. A cada dia, Leo e Emmi se sentem mais impelidos a marcarem um encontro. Após trocas contínuas de mensagens, está claro para ambos que o marido dela e as feridas emocionais dele não serão obstáculos para que marquem um encontro. O único obstáculo real é a insegurança de ambos quanto à transformação da fantasia em realidade. O austríaco Daniel Glattauer dá nova vida à tradição epistolar em @mor, primeiro de dois romances que exploram um relacionamento sustentado basicamente em trocas de e-mails. Romance de estreia de Glattauer e campeão de vendas na Alemanha e na Espanha, o livro explora, sob roupagem moderna, sentimentos familiares a amantes de todas as gerações.



  Como a sinopse praticamente resume o livro, eu vou direto ao ponto falando o que eu achei do livro. Essa história é praticamente toda em trocas de e-mails. Você não vê descrição de nada, nem de lugares, absolutamente nada. São só e-mails trocados entre Emma e Leo.

Foi através de um e-mail enviado por engano que Emma começa a se comunicar com o Leo, e a partir dessa troca de e-mails vai surgindo um sentimento entre eles.

O interessante é que eles não falam de suas vidas, eles conversam sobre eles mesmos, sobre suas possíveis características, sobre relacionamentos, sobre um possível encontro, o que falarão e depois do encontro sobre o encontro. As conversas deles por e-mail chegam a ser vazias, eles discutem sobre a forma que eles escrevem, sobre a temperatura e a coisa só vai piorando até que os dois chegam em um ponto que tornando-se dependentes dos e-mails um do outro.

 Eles marcam um primeiro encontro, no café Huber, mas não querem se encontrar de cara, querem se reconhecer pelas características que um acha que sabe do outro, através de suas conversas, pela forma de cada um escrever e se expressar. Eles acabam não se reconhecendo e isso gera milhares de e-mails falando sobre o encontro e sobre possíveis pessoas que viram no café e que poderiam ser eles.Claro, surge a ideia e era inevitável de haver novos encontros.


Gente, o livro fica nessa lenga lenga até o fim, e é justamente por isso que não nos deixa largar o livro, por que queremos saber se eles vão se encontrar, o que vai acontecer, se Emma irá se separar para ficar com o Leo,e a final de contas o que vai acontecer com eles, se eles se amam, se vão ou não se declarar, ou se vão ficar só nisso, nessa troca de e-mails.

Eu li este livro freneticamente e quando cheguei no final não podia ser, fiquei desesperada pela continuação e logo, no mesmo instante comecei a ler Emmi e Leo.
E para quem gosta de livros que contenham e-mails e de um bom romance, fica a dica! Logo terá a resenha de Emmi e Leo por aqui.


Espero que tenham gostado!

6 comentários:

  1. Eu vi uma resenha do Emmi e Leo e me pareceu interessante. Já tinha lido um livro há um tempão atrás da Cecelia Ahern que ela só trocava cartas. Eu acho interessante este tipo de livro, desde que prenda a atenção e te faça virar as páginas rapidamente. Mas se tem continuação e deu vontade de ler, então é ótimo.

    abraços

    Greice

    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  2. Oie minha linda, tudo bem?
    Estava lendo seu post e simplesmente adorei, até porque eu já tinha visto esse livro por várias vezes, mas nunca me interessei por ele.
    Nossa, depois que você contou sobre ele eu fiquei super curiosa, porque percebi que é o tipo de livro que te prende do começo ao fim e eu simplesmente amo isso.
    Concerteza vou saber mais sobre ele e quem sabe comprar mais pra frente, porque meu quarto já está despencando de tantos livros (risos)
    Enfim...Gostei muito viu linda ?
    Parabens.
    Se cuida e fica com Deus

    Ahhh e já estou seguindo o seu blog
    bjokas

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Já li e gostei!
    Também quero ler o segundo
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  4. Que bom que vocês gostaram, este livro é muito bom mesmo e bem divertido. Beijos*

    ResponderExcluir
  5. Oi Nessa, poxa flor eu fico meio naquelas de ler esse livro, pq já li tantas resenhas dele e cada uma com uma opinião diversa.
    Tô vendo que o jeito será encarar ou deixá-lo pra trás de uma vez.
    Gostei de saber a sua opinião...
    Bjokas

    www.lerepensar.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. leia sim Gilciany, o livro é muito bom, vale a pena e outra ele é bem curto e divertido.

      Beijos*

      Excluir